Exportações geram mais empregos

por TBS Consultoria

Os preços das commodities (soja, minério de ferro) caíram 31% nos últimos 12 meses no mercado internacional. Com isso, o Brasil perdeu uma das principais fontes de estímulos para as exportações a partir de 2003. A saída para a economia brasileira será apostar em produtos industriais nos próximos anos.

Segundo o ministro do Desenvolvimento. Armando Monteiro Neto, os manufaturados devem ser um dos principais focos do Plano Nacional de Exportações, lançado nesta quarta-feira (24) pela presidenta Dilma Rousseff. Desde 2009, os produtos básicos (agrícolas, minérios) passaram a liderar as exportações do Brasil.

“Temos uma participação de apenas 1,2% no volume total de exportações no mundo e 0,7%, se considerarmos os bens manufaturados”, disse Monteiro.

O ministro ressaltou que o comércio exterior é um importante fator de crescimento e para inovação e aumento da produtividade. Segundo ele, a inserção das empresas no mercado internacional modifica o perfil da mão de obra. Monteiro disse ainda que, hoje, para cada US$ 1 bilhão exportado, são mobilizados aproximadamente 50 mil trabalhadores.

Fonte: Portal Brasil
Acesso: 25 Jun. 2015

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *