Contador e Empresário: A União para o Sucesso

por Leonardo Pietro Luch Padovani

Leonardo Pietro Luch Padovani

A relação entre contador e empresário é saudável? A parceria entre contador e empresário na maioria das vezes é boa? O empresário vê seu contador como um parceiro para todas as horas? São essas as dúvidas que sempre existem na relação entre Contador e empresário e que geram certo desconforto de ambas as partes, mas afinal qual a função do contador nas atividades empresariais?

A função do contador não se limita apenas em gerar DARF´S, e atender a obrigações assessórias impostas pelo fisco, à função do contador é contribuir com desenvolvimento de diversas áreas da empresa, auxiliando o empresário no processo de tomada de decisões, bem como em todo o processo de execução de sua atividade operacional, oferecendo as ferramentas necessárias para o acompanhamento dos resultados e demais indicadores, contribuindo efetivamente para a permanência e crescimento da empresa no mercado atual, cada vez mais disputado.

A parceria entre Contador e Empresário deve ser sadia e próxima, um bom relacionamento entre as partes, gera vários benefícios para ambos, para o empresário é essencial que o profissional contábil faça parte do seu dia-dia, podendo dessa maneira, contribuir para o esclarecimento de eventuais dúvidas contábeis e tributárias referentes ao processo de compra, venda de mercadorias, bens e serviços, preparação e envio de documentos necessários para escrituração contábil e fiscal, e também em questões estratégicas de gestão, tais como: Planejamento tributário, analise de viabilidade de investimentos, contratação de empregados e etc.

É Importante ressaltar que para o empresário, é muito importante que seu contador participe ativamente do processo de tomada de decisão da empresa, tendo em vista que o mesmo pode agregar muito valor, pelo fato de o mesmo estar 100% envolvido com as informações financeiras, tributárias e patrimoniais da empresa, ele consegue apontar caminhos, que muitas vezes não podem ser enxergados pelo empresário, em virtude do mesmo ser fortemente demandado, e muitas vezes absorvido inteiramente pela rotina do dia-dia.

Por sua vez, o contador precisa ter a sensibilidade desde o momento da prospecção, da real necessidade do cliente, além de estar sempre atualizado quanto à legislação vigente, para poder direcionar, prever e orientar de tal modo, que possa ser notório os ganhos gerados para o seu cliente.

O contador é o parceiro fundamental para o empresário, portanto, e acima de tudo, a união e a parceria entre ambos, devem ser regadas de confiança, profissionalismo e respeito, prevalecendo o interesse comum: O sucesso da empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *