Blog TBS

Notícias, Artigos e Informações do Mercado

Blog TBS

Governança corporativa: o que é, por que é importante e como aplicar?

por TBS Consultoria

O que é Governança Corporativa?

A governança corporativa é um sistema de direção e monitoramento de sociedades empresárias, envolvendo os membros da diretoria, acionistas, cotistas, conselho administrativo, conselho fiscal e uma auditoria independente. O objetivo é alcançar boas práticas com a finalidade de aumentar o valor da empresa, facilitar o acesso ao capital e contribuir para a longevidade do negócio.

Desenvolvemos este artigo com o objetivo de fornecer um miniguia com as principais informações sobre a governança corporativa, mostrando de que forma ela se propõe a melhorar a qualidade da gestão empresarial e o desempenho da organização frente ao mercado. Quer saber mais? Então, continue a leitura e descubra!

Objetivos da governança corporativa

O principal objetivo de aplicar a governança corporativa é recuperar e/ou reforçar a confiabilidade  dos stakeholders (investidores, acionistas, fornecedores, clientes e demais envolvidos nas operações da empresa) sobre determinada empresa. Isso acontece por meio da criação de uma série de mecanismos focados na transparência e equidade das operações.

Essas engrenagens têm o condão de incentivar a responsabilidade corporativa por meio de ações direcionadas, visando a assegurar que o comportamento dos membros da organização esteja sempre alinhado aos interesses dos acionistas que integram o negócio. Nesse contexto, um exemplo de prática que faz parte do cerne de uma boa governança corporativa é a prática de prestação de contas.

Ferramentas mais utilizadas

Neste cenário, podem ser utilizadas inúmeras ferramentas como mecanismos que ajudam a colocar em prática uma estratégia de governança corporativa. Confira, a seguir, algumas delas.

Auditoria independente

A auditoria, dentro de um contexto de governança corporativa, é uma medida que promove segurança para os acionistas e garante maior transparência nas operações. Com ela, a empresa tem informações mais claras e precisas sobre o negócio, que são transmitidas com mais segurança e imparcialidade.

Gestão de documentos

Quando se fala em governança e confiabilidade, é necessário ter em mente que qualquer empresa que busque boas práticas precisa focar na transparência das informações.

Nesse sentido, outra ferramenta largamente utilizada é a gestão de documentos, por meio de práticas como a disponibilização livre de documentos — por exemplo, contrato social, estatuto, acordo entre acionistas, calendário de reuniões e regimento interno.

Esses documentos devem ser de livre acesso, estando disponíveis em um portal específico de governança corporativa para que os gestores e conselheiros tenham acesso ilimitado à informação.

Além dessas duas ferramentas, o procedimento de governança corporativa leva em consideração outras variáveis, como a gestão de risco, de mudanças, de políticas e conformidade, de estratégia, de processos e de gerenciamento de desempenho.

O que é governança corporativa?

Aplicação da governança corporativa na sua empresa

Você deve estar se perguntando: mas, afinal, como posso aplicar a governança corporativa em minha empresa? Existem algumas medidas que podem ser adotadas para criar essa cultura dentro do seu negócio. Confira algumas delas e como podem ser colocadas em prática.

Estabeleça uma hierarquia

A primeira medida é o estabelecimento de uma hierarquia muito clara e bem-definida. É necessário que os membros da organização empresária tenham clareza com relação a quem são os seus gestores e responsáveis diretos.

Com essa hierarquia bem-estabelecida, fica mais claro organizar a empresa, apresentar orientações de acordo com as competências e funções de cada um e estabelecer uma rotina de trabalho focada em projetos e parcerias.

Além disso, é importante que exista uma figura responsável por dar a palavra final em situações em que existam conflitos ou impasses. Normalmente essa decisão cabe ao diretor da empresa.

Realize reuniões de acompanhamento

É importante que os gestores foquem na realização de reuniões de acompanhamento, principalmente quando houver novos projetos. Além disso, é imprescindível fazer o registro desses encontros, trazendo maior organização e transparência para os encontros.

Nessas reuniões, é importante que compareçam sócios, gestores e membros do Conselho Administrativo. Ainda, deve-se definir um grau de periodicidade para esses encontros.

Além de tratar do andamento de projetos, é um momento importante para que os envolvidos discutam e definam estratégias de trabalho e planos para atingir as metas estabelecidas. Com essa prática, fica mais fácil manter o controle do que está sendo feito, além de trazer transparência e integração entre os envolvidos.

Vale destacar que, se a sua empresa possuir investidores, é  necessário que você mantenha todo o material oriundo dessas reuniões devidamente organizado e disponível, pois ele pode ser solicitado a qualquer momento.

A realização e o registro desses encontros traz elementos que ajudam na prestação de contas e, ainda, oferece dados que podem fundamentar decisões em momentos de impasse ou dúvida.

Forme um conselho consultivo

Por fim, a terceira dica para a empresa que busca investir na governança corporativa é a formação de um conselho consultivo, por meio do qual a empresa tem condições de promover uma troca de experiências, além de oportunizar novas sugestões em relação aos processos e às suas demandas.

A recomendação é de que o conselho seja formado por profissionais com características voltadas para a comunicação, capacidade analítica e postura pró-ativa. Além disso, é importante que integrem este conselho diferentes perfis de pessoas, com experiência e que já vivenciaram situações desafiadoras ao longo de sua carreira profissional.

Os membros do conselho são importantes para auxiliar no entendimento acerca dos problemas e no processo de tomada de decisões. Vale lembrar, ainda, que a periodicidade desses encontros deve ser definida pelo Código de Governança Corporativa da empresa.

Como você pode ver, investir na governança corporativa é uma decisão inteligente dentro de qualquer empresa, independentemente do seu porte ou ramo de atuação. Nesse sentido, nossa dica é que você aprofunde o assunto e busque as melhores metodologias aplicáveis ao seu negócio.

O Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC) disponibiliza em sua plataforma o Código das Melhores Práticas de Governança Corporativa, um excelente material de consulta e que ajudará a aprofundar o seu conhecimento e facilitar a implantação desse processo dentro da sua empresa.

Gostou deste artigo sobre governança corporativa e quer manter-se atualizado no assunto?  Então, siga a TBS Consultoria nas redes sociais —  estamos no FacebookLinkedIn e Instagram — e fique por dentro de outros artigos voltados para a eficiência na gestão do seu negócio.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *