Blog TBS

Notícias, Artigos e Informações do Mercado

Blog TBS

Conheça 7 principais aplicativos de gestão de projetos!

por TBS Consultoria

Compartilhe informação!!

 

A tecnologia tem oferecido diversas soluções aos empresários e gestores que buscam por eficiência, otimização e segurança em seus projetos. Assim, o uso de aplicativos de gestão de projetos tem se popularizado no meio empresarial e se tornado uma das principais estratégias de quem quer inovar.

Atualmente, o mercado oferece inúmeras opções nesse sentido. Usando tais sistemas, o gestor tem condições de melhorar o controle sobre as tarefas e identificar possíveis dificuldades com mais rapidez.

Neste artigo, você vai conhecer os principais aplicativos de gestão de projetos do mercado, bem como as formas de usá-los, os preços e os resultados que cada um deles pode oferecer para uma empresa. Continue a leitura e descubra!

1. Asana

Asana é um gerenciador de tarefas muito conhecido, que pode ser usado tanto em atividades quanto para projetos mais específicos.

Suas funcionalidades permitem criar e compartilhar listas de tarefas entre a equipe. Muitas pessoas não gostam do Asana, devido ao fato de se tratar de um aplicativo extremamente simples. Porém, vale destacar que o app é bastante funcional e, inclusive, possibilita integrações.

Equipes pequenas, com até 15 profissionais, conseguem usar a versão gratuita do Asana. Já os times maiores podem escolher entre os planos disponíveis (os valores variam entre USD 50 e USD 800 mensais).

2. Basecamp

Basecamp é outro aplicativo bastante conhecido na área de gestão de projetos. Seu principal diferencial é permitir a classificação de tarefas de acordo com a ordem cronológica e a pessoa responsável pelas funções.

Além disso, ele possibilita a inclusão de comentários nas ações, para que todas as pessoas envolvidas no projeto consigam acessá-los. Isso aponta para uma funcionalidade extra aos projetos que são realizados em parceria com clientes.

A versão gratuita para testes não abrange todas as funcionalidades da plataforma. Os planos variam entre USD 23 e USD 3.000 anuais, por isso o gestor precisa avaliar suas necessidades, o orçamento disponível e a real condição de investir no sistema.

3. Bitrix

Bitrix é outra solução que tem conquistado o mercado. Com uma interface dinâmica, ele oferece CRM, gerenciamento de projetos, ferramentas de comunicação ou colaboração e centrais de contato com clientes, entre outras funções importantes.

No módulo de gerenciamento de projetos, o profissional tem a possibilidade de:

  • controlar tarefas;
  • monitorar o tempo, as notificações, os gráficos e o Kanban;
  • promover uma integração com outras plataformas.

Existe uma versão free, com acesso mais limitado, bem como opções pagas. Os valores ficam entre USD 39 e USD 199 mensais.

4. Evernote

Evernote é, atualmente, um dos aplicativos mais utilizados na gestão de projetos. Seu diferencial é fazer com que o usuário se lembre de tudo o que precisa ser feito. Apesar de não oferecer mecanismos de uso intuitivos, ele não é considerado um aplicativo difícil, já que em pouco tempo é possível aprender a utilizar a plataforma com eficiência.

Entre as principais vantagens, vale destacar a possibilidade de organizar todas as anotações, ideias e referências. Também é possível sincronizar informações entre dispositivos diferentes.

A versão gratuita do Evernote é muito boa e atende a várias empresas. Entretanto, em equipes maiores, a opção paga pode ser uma necessidade (os valores vão de R$ 40 a R$ 80 mensais). O grande diferencial das versões pagas é que o usuário tem condições de acessar arquivos mesmo sem estar conectado com a internet.

5. Google Keep

Google Keep é extremamente intuitivo e se destaca por sua praticidade, pelo visual e pela rapidez. O aplicativo permite enxergar com facilidade os projetos ativos e a adição de qualquer tipo de tarefa, com a possibilidade de compartilhamento entre os membros da equipe.

Outra vantagem é a realização de uploads de imagens e documentos — facilmente integrável a outros aplicativos Google. Para quem usa os demais serviços da empresa, essa é uma excelente opção. Além disso, o Google Keep é totalmente gratuito: basta acessá-lo agora mesmo para começar a organizar a gerir seus projetos.

6. Todoist

Todoist oferece ferramentas de customização, um diferencial que permite sua adaptação aos mais variados perfis de equipes profissionais. Com uma interface intuitiva e simples, a organização pode ser dividida em projetos e tarefas.

Entre suas principais vantagens, podemos destacar a possibilidade de incluir documentos e comentários, programar avisos sobre prazos e monitorar a produtividade. Além disso, o Todoist se adapta facilmente à Getting Things Done (GTD), uma das metodologias de produtividade mais conhecidas no mundo.

Há uma versão gratuita, que atende às necessidades de inúmeros usuários. Entretanto, quem deseja uma organização mais profunda pode considerar a aquisição da versão paga, que custa USD 29 anuais.

Vale a pena testar a versão free antes de considerar a compra de qualquer um desses aplicativos.

7. Trello

Por fim, o último aplicativo de gestão de projetos desta lista é o Trello. Ele se destaca pela facilidade no uso e possibilidade de utilização tanto em projetos estratégicos quanto para agilizar tarefas rotineiras.

Entre suas vantagens, estão a fácil adaptação aos trabalhos em equipe e a simplicidade no uso — aliadas à oferta de muitas ferramentas, o que torna o aplicativo extremamente completo.  Ele também oferece integração com o Google Drive, One Drive e Dropbox.

A versão gratuita atende a uma parcela elevada dos usuários. Mas, assim como acontece com os outros aplicativos, ele também oferece uma versão paga bem interessante para empresas e equipes maiores.

A versão Business Class custa USD 10 mensais. Já a Enterprise, indicada apenas a grandes empresas, não tem seu valor divulgado, sendo necessário contatar a empresa para requerer uma cotação.

Como vimos, o gerenciamento de projetos exige organização, pois é essencial que os prazos sejam respeitados, as ideias se mantenham alinhadas e os resultados sejam atingidos. Por isso, a tecnologia ocupa um papel de destaque, com o oferecimento de aplicativos que conferem mais eficiência e qualidade ao trabalho desenvolvido pelos profissionais.

A principal dica para você que quer usar uma das soluções acima no seu trabalho é: busque por mais informações sobre cada um dos aplicativos indicados. Utilizar a versão gratuita como teste é outra medida que permite identificar qual deles melhor se adapta às suas necessidades.

Depois de realizar testes práticos, fica mais fácil escolher a ferramenta que vai acompanhar sua rotina de gestão de projetos!

Gostou de saber mais sobre os principais aplicativos de gestão de projetos? Então, compartilhe este artigo nas redes sociais para ajudar outros profissionais a focarem na organização e nos resultados dentro de seus negócios!


Download

Informativo


Compartilhe informação!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *