É possível melhorar a gestão no departamento pessoal? Descubra como!

por José Roberto Cezar

Compartilhe informação!!

Geralmente, grande parte dos gestores confunde as funções do setor de recursos humanos com aquelas desempenhadas pelo departamento pessoal. Na verdade, eles cumprem objetivos diferentes, sendo que o segundo está mais ligado a aspectos burocráticos.

Esse é um dos motivos que explica a dificuldade de alguns empresários em gerir o departamento da forma como gostariam. Mas você sabia que é totalmente possível aprimorar essa gestão?

A seguir, você conhecerá as peculiaridades do departamento pessoal e os novos desafios da área. Por fim, nós explicaremos como o gerenciamento do setor pode se tornar bem mais eficaz. Boa leitura!

Como funciona o departamento pessoal da empresa?

Se a sua empresa ignora a relevância desse setor para o futuro da organização, isso indica que ela está cometendo um terrível equívoco. Em primeiro lugar, todas as contratações e demissões da empresa passam pelo departamento pessoal.

Isso vale para todos os cargos, independentemente da hierarquia interna estabelecida pela empresa. Portanto, trata-se de um setor interligado a todas as demais áreas da empresa — da recepção à diretoria.

Além disso, o setor é o responsável por assegurar que todas as exigências trabalhistas sejam seguidas, conforme a legislação vigente. Esse ponto é tão importante quanto o anterior.

Afinal, um departamento pessoal bem gerido protege a empresa contra possíveis processos movidos por funcionários insatisfeitos. Desde que a empresa cumpra todos os requisitos legais, ela não terá com o que se preocupar. Em caso de dúvida, é aconselhável solicitar uma consultoria trabalhista.

A importância do setor ainda vai além, pois esse departamento é crucial no processo de tomada de decisão da empresa. Logo, ele é peça-chave na elaboração do planejamento estratégico, fundamental, por sua vez, no desenvolvimento do negócio.

Como se vê, esse é um setor que não se resume aos processos de admissão, demissão, liberação de vale-transporte e benefícios etc. Mais do que isso, ele é um dos pilares encarregados de manter a empresa em equilíbrio.

Basta lembrar que é o departamento pessoal que administra as rotinas dos colaboradores. Sem isso, as atividades da empresa simplesmente ficariam suspensas ou, na melhor das hipóteses, seriam executadas em um ritmo lento.

Quais são as dificuldades que o setor apresenta para as empresas?

No geral, os gestores tendem a acreditar que o departamento pessoal é um empecilho para a fluidez das atividades da empresa. Essa conclusão errônea, todavia, é motivada pela obsoleta legislação trabalhista, a qual passou por algumas modificações recentemente.

Desde o início de 2018, as empresas vêm experimentando, na prática, os efeitos dessas últimas atualizações legislativas. Com a reforma trabalhista, as organizações se tornaram obrigadas a utilizar o eSocial, que é um sistema digital de escrituração das obrigações fiscais.

Uma das obrigações acessórias do novo sistema é o chamado EFD-Reinf, usado na retenção de INSS, por exemplo. Essa retenção do imposto na fonte é feita pelas empresas tomadoras de serviços (vigilância, segurança, limpeza, telefonia etc.).

Esse fator se configura como um grande desafio para as empresas devido à máxima atenção aos detalhes. Para compreender melhor a questão, nós vamos listar as etapas do processo:

após a conclusão do serviço, a empresa prestadora (contratada) precisa enviar a nota fiscal (NF) à tomadora (contratante);

ao receber a NF e atestar a veracidade de todos os dados informados, a tomadora deve liberar o pagamento, conforme valores contidos em contrato. Nesse momento, é vital providenciar o abatimento do valor retido na NF;

em seguida, o departamento pessoal da contratante se encarrega de gerar a guia de recolhimento do imposto em questão — é dever do setor incluir os dados referentes à empresa contratada;

aqui, o departamento de finanças da tomadora do serviço é incumbido da tarefa de agendar a quitação do débito na data de vencimento prevista;

finalmente, as duas empresas envolvidas emitem suas EFD-Reinf. Não pode haver qualquer inconsistência de informações nessa escrituração eletrônica. Por isso, as organizações precisam checar minuciosamente todo o conjunto de dados inerente à transação, o qual será encaminhado ao Fisco.

Como você já deve ter deduzido, a probabilidade de erro em qualquer uma dessas fases é bem considerável. Para que nada de errado aconteça, as empresas tomadora e prestadora devem estar muito bem alinhadas entre si.

Vale destacar que o eSocial visa automatizar a fiscalização. A minimização das chances de problemas depende de uma gestão impecável dos departamentos envolvidos. Isso afasta a empresa de complicações associadas ao Fisco.

Além disso, é importante lembrar que o pagamento de tributos acima do valor devido gera o chamado crédito tributário. Para saber se a sua empresa tem direito a esse tipo de ressarcimento, é necessário contratar advogados tributaristas, que são profissionais experientes no assunto.

Como melhorar o departamento pessoal da sua empresa?

Há muito a fazer para que departamento pessoal esteja preparado para lidar com suas obrigações, conforme será abordado a seguir.

Padronize as rotinas e a organização dos registros

Como o departamento pessoal é essencialmente pautado na manutenção de rotinas, estas precisam ser devidamente padronizadas. A empresa deve, sobretudo, desenvolver um sistema efetivo de arquivamento dos registros vinculados a todos os colaboradores. Em outras palavras, nada pode se perder no meio do caminho.

Na dúvida, nem pense duas vezes: digitalize e providencie cópias de segurança de todos os arquivos. Isso pode ser feito por meio de servidores internos ou em nuvem.

Avalie continuamente a qualidade dos métodos empregados

Nada é eterno, principalmente se tratando da eficácia metodológica. Alguém sempre criará um jeito mais efetivo e rápido de lidar com os mais variados processos. Cabe ao gestor ficar atento às novidades e implantá-las quando julgar pertinente.

Mantenha os colaboradores aptos a desempenharem suas funções

Como você viu anteriormente, a chegada do eSocial trouxe consigo a necessidade de uma grande adaptação nas empresas. Isso significa que, além de outros elementos, os funcionários acumularam uma dose extra de responsabilidades.

Em um primeiro momento, é interessante realizar uma palestra informativa sobre as alterações e mudança de paradigma. Logo depois, é preciso monitorar a concretização das tarefas, a fim de confirmar sejam efetuadas da forma esperada.

Como melhorar a gestão do departamento pessoal para conquistar os melhores resultados?

Todos os aspectos elencados acima visam aprimorar a gestão de um setor tão importante para o sucesso de um negócio. Mas que tal centralizar tudo, concedendo um elevado grau de dinamismo e eficácia às tarefas? E se, além de melhores resultados, a sua empresa ainda economizasse boa parte de seus recursos financeiros?

Essas vantagens são proporcionadas pela terceirização do departamento pessoal. Em vez de gastar tempo e mais dinheiro com treinamentos e monitoramentos, é muito mais interessante e produtivo contar com o suporte de especialistas.

Além de cuidar de toda a folha de pagamento, a empresa terceirizada encarregada do setor fará todo o trabalho de:

  • rever o planejamento das ações atreladas ao departamento pessoal;
  • adequar a empresa à nova padronização de rotinas e organização de registros;
  • revisar, constantemente, a realização de cada um dos processos executados.

Essa é a maneira mais inteligente de delegar as funções do departamento pessoal. A sua empresa ficará menos vulnerável a falhas e, como bônus, conseguirá enxugar a folha de pagamento. Detalhe: a terceirização do setor pode ser solicitada por qualquer empresa, seja de pequeno, médio ou grande porte.

Então, o que você está esperando para melhorar a gestão da sua empresa e torná-la mais competitiva no mercado? Entre em contato com a nossa equipe de consultores e saiba como maximizar os resultados da sua empresa! Além de toda a expertise, nós oferecemos o desenvolvimento de parcerias!

CADASTRE PARA RECEBER NOSSOS INFORMATIVOS


Compartilhe informação!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *