Como o planejamento de regime tributário ajuda a evitar a inadimplência?

Por |

O sucesso de um empreendimento vai muito além da gestão financeira. A forma como o planejamento de regime tributário (inadimplência tributária) é tratada pelos empresários é primordial para o sucesso da empresa.

A carga tributária é uma das principais reclamações dos empreendedores no Brasil, por esse motivo, é essencial estar atento aos impostos para não cair na inadimplência tributária. A escolha do melhor enquadramento fiscal é decisiva para a continuidade dos negócios, uma vez que representa uma grande porcentagem nos custos e despesas empresariais.

Neste post, você encontrará as principais informações sobre planejamento de regime tributário (inadimplência tributária). Leia atentamente e confira!

O que é planejamento tributário?

Com um negócio legalizado é possível traçar estratégias para fazer frente aos concorrentes e atrair de diversas formas seus potenciais clientes.

Contudo, esse processo vai além da organização da conhecida “papelada”. Ao abrir legalmente uma empresa é preciso estar atento a diversos fatores, um deles é o planejamento de regime tributário (inadimplência tributária).

O planejamento tributário é o fator que regra como a empresa apresentará a obrigação principal e as obrigações acessórias ao fisco. Ademais, é por meio desse processo que são realizados os cálculos tributários, além de ser no planejamento tributário que é verificado a forma menos onerosa de cumprir as exigências fiscais da empresa, evitando possíveis inadimplências no futuro.

Contudo, esse estudo deve ser realizado periodicamente, primeiro junto ao plano de negócios, nessa etapa será verificado o tipo de atividade, provisão de faturamento, número de colaboradores, para então projetar cálculos que auxiliem na escolha do melhor regime tributário. Hoje, no Brasil, os mais utilizados são: Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real.

Vale lembrar que cada um desses regimes apresentam formas diferentes de recolhimento dos impostos, assim como das declarações pertinentes ao fisco. Além disso, é importante reavaliar anualmente a opção, pois é possível alterar o regime tributário para o próximo exercício, mas é importante saber que ele será vigente durante todo o ano.

Como o planejamento tributário ajuda a evitar a inadimplência tributária?

O planejamento tributário é o estudo da melhor opção fiscal para a empresa, é por meio dele que será possível usufruir de alguns benefícios em relação aos custos que a tributação representa para o caixa da organização.

Muitas vezes, os empreendedores acabam imersos em diversas áreas da gestão empresarial, negligenciando os tributos, isso faz com que essa área acabe sendo mais onerosa do que deveria, gerando impostos além da capacidade financeira da organização.

Isso ao longo do tempo pode virar uma “bola de neve” fazendo com que a empresa caia na inadimplência tributária, isto é, deixe de cumprir com o pagamento dos impostos. Com um planejamento tributário adequado, é possível minimizar esses riscos.

O planejamento de regime tributário (inadimplência tributária) auxilia de diversas formas na regularização dos impostos, afetando diretamente a saúde financeira da empresa. Com um alinhamento mais adequado no enquadramento fiscal é possível:

  • reduzir a incidência dos impostos;
  • diminuir os valores dos impostos a recolher;
  • postergar o recolhimento dos tributos.
  • reduzir a burocracia.

Essas e outras ações são fundamentais para evitar a inadimplência dentro de um empreendimento.

Qual a diferença entre inadimplência tributária e sonegação fiscal?

É importante lembrar que a inadimplência tributária difere da sonegação fiscal. A primeira não é considerada crime — na verdade, ela representa a incapacidade financeira da empresa arcar com suas obrigações legais.

O governo, como forma de ajudar as organizações, seguidamente lança linhas de financiamentos, ou parcelamentos tributários para que os empreendimentos consigam regularizar suas pendências tributárias sem afetar o fluxo de caixa.

Por outro lado, a sonegação fiscal é um crime regrado pela Lei 8.137/90, esse visa reduzir a carga tributária, porém de forma ilícita, maquiando as informações contábeis, ou se eximindo da emissão de nota fiscal, formas de ludibriar o fisco, gerando menos impostos do que o devido.

O planejamento de regime tributário (inadimplência tributária) é essencial para uma gestão eficiente dos negócios, nós da TBS Consultoria contamos com um time de profissionais especializados para auxiliar sua empresa nesse processo.

Agora que você sabe como o planejamento de regime tributário (inadimplência tributária) é determinante para uma empresa, entre em contato conosco e conheça como podemos ajudar você nessa questão!

Qual sua nota sobre esse conteúdo?

Clique e avalie

Nota: 0 / 5. Avaliações: 0

Nenhuma avaliação, seja o primeiro!