relatórios gerenciais

Relatórios gerenciais: entenda o que são e como criá-los de maneira eficiente

Por |

Você sabe o que são os relatórios gerenciais? Eles são de extrema importância para as empresas, pois ajudam os gestores a tomar melhores decisões em vários departamentos.

Pensando na relevância desse tema, neste post explicaremos detalhadamente o que são os relatórios gerenciais, qual é a sua importância e quais são os principais tipos de relatórios. Também forneceremos dicas que ajudarão você a fazer um relatório eficiente. Acompanhe!

O que são relatórios gerenciais?

Não há muitos segredos em relação a esse conceito. Os relatórios gerenciais fazem referências a documentos que apresentam indicadores ou informações que ajudam as empresas a mensurar ou medir algum aspecto de resultado em uma organização.

Dessa forma, esse documento pode ser utilizado para diversas finalidades. Entre elas estão controlar o desempenho dos diversos setores da empresa, medir a produtividade, analisar os resultados econômico-financeiros etc.

Qual é a importância desse documento?

O relatório gerencial é muito útil e proporciona diversos benefícios para as organizações. Exemplos são a mensuração de resultados, análise de dados, otimização dos processos, entendimento da real situação do negócio e a elaboração de planos empresariais estratégicos.

Powered by Rock Convert

Quais são os principais tipos de relatórios gerenciais?

Como destacamos anteriormente, os relatórios gerenciais são utilizados para diferentes objetivos. Por isso, existem vários tipos de relatórios gerenciais. Entre os principais estão:

  • balanço patrimonial: por meio dele é possível conhecer o patrimônio da empresa. Isso é feito com base no levantamento dos ativos e passivos da organização;
  • orçamento empresarial: esse relatório é utilizado com a intenção de definir qual é a melhor forma de investir a receita da companhia para maximizar os lucros;
  • vendas: esse documento visa fazer o acompanhamento do desempenho das vendas de uma organização;
  • satisfação: esse relatório é elaborado com o intuito de medir a satisfação dos funcionários e dos clientes para com a empresa.

Como fazer um relatório eficiente?

Essa pergunta, inicialmente, pode deixar muitas pessoas em dúvida. Porém, basta seguir os seguintes passos para fazer um relatório gerencial:

  • destinatário: primeiramente, é necessário definir quem terá acesso aos dados contidos no relatório;
  • objetivo: o documento deve indicar, de forma clara, quais são os objetivos esperados;
  • conteúdo: os dados a serem utilizados no relatório devem estar compatíveis com o principal objetivo do documento. Dessa forma, as informações devem atender às necessidades da organização (isso inclui metas, qualidades, prazos etc.);
  • formato: o documento deve ser prático e explicativo. Uma boa forma de facilitar a compreensão é estruturá-lo em tópicos e capítulos. Explicações são bem-vindas e elas podem ser feitas por meio dos gráficos e planilhas.

Vale destacar que a TBS Consultoria trabalha com relatórios gerenciais sofisticados e compatíveis com o mercado, que são apresentados em dashboards. Esse é um dos principais diferenciais da empresa. Além disso, oferecemos relatório via Dashboard sobre demonstrações financeiras como Índice de Liquidez, Ebitda, Demonstração dos Fluxos de Caixa, Ciclos Operacionais, entre outros.

Os relatórios gerenciais são essenciais para o desenvolvimento dos negócios, pois proporcionam informações estratégicas e que ajudam as empresas a crescerem no mercado. Considerando a importância desse documento, é importante conhecer as suas principais características para que você possa aplicar e aproveitar os relatórios gerenciais da forma mais otimizada possível na sua organização.

Este post com dicas sobre como fazer os relatórios gerenciais foi útil para você? Entre já em contato com a gente! Estamos preparados para esclarecer as suas dúvidas em relação ao tema.

Qual sua nota sobre esse conteúdo?

Clique e avalie

Nota: / 5. Avaliações:

Powered by Rock Convert
Open chat
Fale com o Consultor!
Ficou com dúvidas? Fale com nossos consultores.
Powered by