relatórios gerenciais

Relatórios gerenciais: entenda o que são e como criá-los de maneira eficiente

Por |

Você sabe o que são os relatórios gerenciais? Eles são de extrema importância para as empresas, pois ajudam os gestores a tomar melhores decisões em vários departamentos.

Pensando na relevância desse tema, neste post explicaremos detalhadamente o que são os relatórios gerenciais, qual é a sua importância e quais são os principais tipos de relatórios. Também forneceremos dicas que ajudarão você a fazer um relatório eficiente. Acompanhe!

O que são relatórios gerenciais?

Não há muitos segredos em relação a esse conceito. Os relatórios gerenciais fazem referências a documentos que apresentam indicadores ou informações que ajudam as empresas a mensurar ou medir algum aspecto de resultado em uma organização.

Dessa forma, esse documento pode ser utilizado para diversas finalidades. Entre elas estão controlar o desempenho dos diversos setores da empresa, medir a produtividade, analisar os resultados econômico-financeiros etc.

Qual é a importância desse documento?

O relatório gerencial é muito útil e proporciona diversos benefícios para as organizações. Exemplos são a mensuração de resultados, análise de dados, otimização dos processos, entendimento da real situação do negócio e a elaboração de planos empresariais estratégicos.

Quais são os principais tipos de relatórios gerenciais?

De forma geral, os relatórios gerenciais são mais um dos instrumentos utilizados pelas empresas para conseguir entender melhor seus processos. Portanto, são de extrema importância, pois, com suas informações, ajudam os gestores a tomar melhores decisões em vários departamentos.

No entanto, a dificuldade pode estar em saber como fazê-los e quais são os tipos, já que existem vários. Por isso, pensando na relevância desse tema, neste post explicaremos detalhadamente o que são os relatórios gerenciais e quais são os principais tipos de relatórios. Acompanhe!

O que são relatórios gerenciais?

Não há muitos segredos em relação a esse conceito. Os relatórios gerenciais fazem referências a documentos que apresentam indicadores ou informações que ajudam as empresas a mensurar ou medir algum aspecto de resultado na organização.

Dessa forma, esse documento pode ser utilizado para diversas finalidades. Entre elas, estão controlar o desempenho dos diversos setores da empresa, medir a produtividade, analisar os resultados econômico-financeiros, etc.

Quais são os objetivos e a importância dos relatórios gerenciais?

Eles são muito úteis, pois proporcionam diversos benefícios para as organizações. No entanto, como existem diversos relatórios gerenciais, cada um destinado a um tipo de necessidade, sua importância dependerá de qual é o propósito. Porém, de maneira geral, esse documento serve para:

  • elaborar e monitorar o planejamento estratégico;
  • medir os resultados do negócio;
  • monitorar ações e atividades;
  • mensurar e melhorar processos;
  • proporciona uma visão estratégica sobre a realidade do negócio.

Quais são os principais tipos de relatórios gerenciais?

Como destacamos anteriormente, os relatórios gerenciais são utilizados para diferentes objetivos. Por isso, existem vários tipos de relatórios gerenciais. Entre os principais estão:

  • demonstrações financeiras: por meio dela é possível analisar a performance operacional e o patrimônio da empresa. Este relatório é elaborado com base nas transações registradas na contabilidade da organização;
  • orçamento empresarial: esse relatório é utilizado com a intenção de definir quais são as estratégias da empresa e acompanhar, periodicamente, o resultado orçado versus o realizado. Com esta informação é possível tomar decisões e corrigir rotas, quando necessário;
  • vendas: esse documento visa fazer o acompanhamento do desempenho das vendas de uma organização, trazendo informações setorizadas e estruturadas para analise e planos de ação;
  • satisfação: esse relatório é elaborado com o intuito de medir a satisfação dos funcionários e dos clientes para com a empresa;
  • crescimento: esse é um documento que contém informações de diversos setores, desde vendas, até os números de clientes novos ou o aumento de MRR. Ele é tanto um documento à parte, como pode ser representado pelo DRE, já que nele são definidas as vendas mensais e é possível saber o faturamento do negócio;
  • qualidade: está relacionado completamente ao que a empresa produz, analisando o grau de qualidade não só dos produtos e serviços, mas também os processos de preparação.

Como as empresas podem alcançar os resultados utilizando os relatórios?

Os relatórios gerenciais são uma importante ferramenta para o negócio, principalmente pela sua capacidade de mensurar o que realmente acontece na empresa, como ela executa os seus processos e se eles trazem realmente resultados.

Ter essa visão é muito importante para qualquer gestão, já que possibilita entender quais iniciativas implementadas continuam e quais não. Além disso, pode auxiliar na definição dos planos de ação e no controle de processos, aumentando a transparência e segurança das atividades.

De que forma eles ajudam na tomada de decisão?

Para que se desempenhe uma boa gestão, é necessário que, além de uma boa equipe que seja capaz de elaborar e analisar as informações gerenciais, a empresa possua processos e atividades bem definidas para que nenhum ponto relevante fique descoberto.

Às vezes, uma decisão importante sobre um investimento, por exemplo, pode ser influenciada negativamente pela falta de ferramentas e informações que permitam a melhor decisão. Por isso, os relatórios são fundamentais para a gestão, principalmente, para diminuir as possibilidades de erros na tomada de decisão, dando mais segurança, já que são baseados em dados.

Como fazer um relatório eficiente?

Essa pergunta, inicialmente, pode deixar muitas pessoas em dúvida. Porém, como referência, os seguintes passos podem auxiliar a elaborar um relatório gerencial:

  • destinatário: primeiramente, é necessário definir quem terá acesso aos dados contidos no relatório;
  • objetivo: o documento deve indicar, de forma clara, quais são os objetivos esperados;
  • conteúdo: os dados a serem utilizados no relatório devem estar compatíveis com o principal objetivo do documento. Dessa forma, as informações devem atender às necessidades da organização (isso inclui metas, qualidades, prazos etc.);
  •  formato: o documento deve ser prático e explicativo. Uma boa forma de facilitar a compreensão é estruturá-lo em tópicos e capítulos. Explicações são bem-vindas e elas podem ser feitas por meio dos gráficos e planilhas.

Qual é a importância de automatizar esses relatórios?

Esses documentos contêm informações importantes sobre a rotina e a execução dos processos, contudo, justamente por ter esses dados, sua elaboração precisa ser correta. A melhor maneira de garantir isso e de assegurar que seu conteúdo estará isento de erros, é por meio da automatização. Isto é, utilizar softwares especializados que são capazes de juntar e organizar as informações de maneira rápida e prática.

Como o auxílio de uma consultoria pode ajudar?

Claro que uma empresa pode gerar e analisar relatórios gerenciais por conta própria, entretanto, é preciso dizer que esse não é um processo tão simples. O investimento em ferramentas tecnológicas e também em profissionais que sejam capazes de operá-las e traduzir sua linguagem para o que acontece na empresa é necessário.

Muitas vezes, investir em equipe interna qualificada e em ferramentas operacionais não está ao alcance do investimento no momento da empresa. Nesse sentido, contratar uma consultoria é a melhor opção. Ali, terá uma equipe especializada, pessoas com experiência no mercado que poderão não só gerar relatórios fundamentais, mas que estarão prontos para oferecer todo o suporte necessário para compreendê-los. Além disso, terá a certeza de ter disponível ferramentas atualizadas para elaborar os melhores documentos.   

Vale destacar que a TBS Consultoria trabalha com relatórios gerenciais sofisticados e compatíveis com o mercado, que são apresentados em dashboards. Esse é um dos principais diferenciais da empresa. Além disso, oferecemos relatório via Dashboard sobre demonstrações financeiras como Índice de Liquidez, EBITDA, Demonstração dos Fluxos de Caixa, Ciclos Operacionais, entre outros.

Bem, até aqui vimos que os relatórios gerenciais são essenciais para o desenvolvimento dos negócios, pois proporcionam informações estratégicas e que ajudam as empresas a crescerem no mercado.

Considerando a importância desses documentos, é importante conhecer as suas principais características para que você possa aplicá-los e aproveitá-los da forma mais otimizada possível na sua organização.

Caso esteja precisando de ajuda na gestão, principalmente, na elaboração de relatórios gerenciais, queremos te convidar a conhecer os serviços da TBS Consultoria! Temos o suporte certo para o seu negócio!

Qual sua nota sobre esse conteúdo?

Clique e avalie

Nota: 0 / 5. Avaliações: 0

Nenhuma avaliação, seja o primeiro!