tbsconsultoria_tbsconsultoria_indice_endividamento

Índice de endividamento: entenda o que é e como calcular!

Por |

O processo de gestão de um empreendimento engloba diversos fatores, e conhecer a importância dos indicadores é um deles. Eles são determinantes, pois apresentam a real situação da empresa. Falando nisso, você sabe o que é índice de endividamento (IE) e como ele pode auxiliar a tomada de decisão?

Permanecer competitivo sem fragilizar a saúde financeira dos negócios é essencial para solidificar uma empresa no mercado atual. Saber quais investimentos realizar e controlar de forma eficaz as finanças são os primeiros passos para o sucesso. Um caminho seguro para isso é por meio das análises dos indicadores financeiros.

Neste post, traremos as principais informações sobre o índice de endividamento e sua importância para os negócios.

Leia e confira!

O que são os indicadores financeiros?

Não é de hoje que a contabilidade é uma importante aliada na gestão dos negócios, isso devido ao número de informações que ela disponibiliza para os seus usuários. Utilizando suas diversas vertentes, a contabilidade gerencial mensurou os dados obtidos no processo contábil e os transformou em informações, permitindo análises mais específicas.

Com isso, foi possível criar métricas que avaliem as condições da empresa, os conhecidos indicadores financeiros. Eles são responsáveis por apresentar possíveis gargalos, identificar as potencialidades e controlar as receitas e despesas, buscando o equilíbrio dos negócios.

Logo, é possível perceber todas as funcionalidades que essa métrica traz aos gestores, tornando a tomada de decisão mais segura. Agora, conheça um pouco mais sobre o índice de endividamento.

O que é o índice de endividamento?

Para atuar competitivamente no mercado, é necessário capacitar o empreendimento para fazer frente aos concorrentes. No entanto, muitas vezes, o estabelecimento não tem capital próprio suficiente, necessitando de recursos de terceiros.

Nesse caso, surge o endividamento, uma informação imprescindível que, quando não observada, pode levar a empresa à falência. Sua principal função é apresentar quanto o empreendimento tem de dívida, isto é, quanto dos seus recursos são oriundos de terceiros.

Como calcular o índice de endividamento?

Para calcular o IE, é fundamental ter em mão o balanço patrimonial. Será a partir dele que os dados serão resgatados para a composição do cálculo. É importante salientar a relevância de compreender as informações que esse demonstrativo apresenta.

Lembrando que o balanço patrimonial apresenta o ativo circulante, ativo não circulante, passivo circulante, passivo não circulante e patrimônio líquido. Com base nesses dados, é possível montar a fórmula do índice de endividamento. Veja a seguir:

IE: (Passivo/ativo) x 100

Suponha que a empresa tem um ativo total de R$500 mil reais e um passivo de R$200 mil. Com base nisso, segue o cálculo:

IE: (200/500) x 100= 40%

Isso significa que 40% do patrimônio da empresa está comprometido para saldar as dívidas com terceiros. No entanto, é importante avaliar os motivos pelos quais a empresa apresenta esses resultados.

Muitas vezes, a busca por capital de terceiros é destinada a investimentos, o que, via de regra, resultará em maiores resultados. Isso significa um crescimento da empresa. Logo, ela conseguirá saldar seu compromisso.

Por outro lado, se o endividamento representa valores de despesa muito altos e empréstimos destinados a saldar custos operacionais sem um possível retorno no futuro, isso pode demonstrar que as finanças estão fragilizadas, o que no longo prazo pode ocasionar a falência.

Como manter as finanças equilibradas?

Uma empresa sustentável é aquela que consegue equilibrar os custos e as despesas com a receita auferida. Dessa forma, ter um controle eficaz das contas é imprescindível.

Para que o empreendimento seja sustentável, é fundamental seguir alguns passos, como:

  • compreender o ciclo financeiro;
  • não misturar as despesas pessoais com as despesas empresariais;
  • provisionar as despesas e receitas;
  • entender quais custos influenciam diretamente o caixa;
  • evitar o pagamento de juros e multas.

Obviamente, gerenciar uma empresa não é uma tarefa fácil. Por esse motivo, poder contar com uma consultoria especializada no assunto pode reduzir os gargalos e, consequentemente, potencializar os resultados.

Agora que você sabe as principais informações sobre índice de endividamento, entre em contato conosco. Somos uma equipe especializada e pronta para fortalecer o seu negócio!

Qual sua nota sobre esse conteúdo?

Clique e avalie

Nota: 5 / 5. Avaliações: 1

Nenhuma avaliação, seja o primeiro!