Impactos Coronavírus

Entenda os impactos do coronavírus na contabilidade da empresa!

Por |

Nos últimos meses, não há outro assunto se não a propagação do novo coronavírus por diferentes países e os impactos que as medidas de contenção terão para a sociedade. Porém, além da questão da saúde mundial que essa situação destaca, ainda há outro fator muito importante e que já está sofrendo muitas consequências — a economia.

Nesse sentido, entender os impactos do coronavírus na contabilidade da empresa se torna um mecanismo importante para resistir à crise e continuar o negócio neste período de incertezas. De modo a ajudar a entender o que se pode fazer para auxiliar o setor contábil, vamos apresentar aqui algumas diretrizes para lidar com essa situação. Entenda!

Quais são os efeitos da pandemia até agora?

O que temos visto desde que o primeiro caso, que foi descoberto na cidade chinesa de Wuhan, foi uma propagação rápida de um vírus que apresenta muitas similaridades com a gripe. Entretanto, traz quadros bem mais graves, como insuficiência respiratória e pneumonia, inclusive, levando à morte.

O cenário atual é que todos os continentes já têm infectados, incluindo alguns epicentros como a Europa (Espanha e Itália) e os Estados Unidos. No total são mais de meio milhão de pessoas contaminadas e, no Brasil, os casos já chegam a mais de 2000. A preocupação com a alta propagação e também com o número de mortes fez com que a OMS declarasse que estamos vivenciando uma pandemia.

Algumas medidas foram designadas de modo a conter o aumento dos casos. Entre elas, o isolamento social e a quarentena para os doentes são talvez as mais complicadas. Afinal, muitos estabelecimentos foram obrigados a fechar, fronteiras foram bloqueadas e, consequentemente, a economia já começa a sentir os efeitos — só no Brasil, a bolsa já caiu 42%.

Powered by Rock Convert

As previsões são que o mercado sofra os impactos dessa situação por muito tempo, mesmo após o fim da pandemia. Com esse quadro, encontrar medidas para a sobrevivência da empresa se torna primordial.

Quais são os impactos do coronavírus na contabilidade da empresa?

De fato, é inegável que a economia do mundo todo está sendo afetada pela chegada desse vírus. Independentemente de países de primeiro ou terceiro mundo, todos precisarão tomar medidas para conter o novo coronavírus e seus desdobramentos. Entretanto, para o setor de contabilidade, existem determinadas situações que só aconteceram por causa dessa situação, como:

  • folha de pagamento — um dos impactos é que a falta de demanda e oferta ocasionada pelo isolamento social fará muitas empresas não terem caixa suficiente para arcar com suas obrigações, afetando tanto os seus ativos quanto os seus passivos. Contudo, recentemente, o Governo anunciou auxílio financeiro para as médias e pequenas empresas durante dois meses, trazendo um auxílio neste momento delicado;
  • adiantamento de férias — a necessidade de afastar funcionários que não poderão exercer suas funções por meio do home-office é outra consequência dessa crise. Por isso, utilizar o adiantamento das férias é uma ótima estratégia para ganhar tempo antes de pensar em quais serão os próximos passos. Inclusive, na Medida Provisória (MP) publicada no dia 23/03/2020, o Governo Federal concedeu a possibilidade de antecipar as férias dando direito para que a empresa dê a dispensa sem que o empregado tenha cumprido todo o período necessário;
  • balanços e demonstrações financeiras — fica claro que muitos dos relatórios feitos anteriormente com a intenção de ajudar a definir o orçamento já não deverão ser considerados. As circunstâncias demonstram um resultado completamente diferente e as empresas deverão se adaptar. Por isso, documentos como o balanço e os demonstrativos financeiros precisam constar informações que indiquem a situação de pausa atual do negócio;
  • prorrogação do FGTS — a obtenção de alguns benefícios destinados ao trabalhador também passará por mudanças. Com a falta de rendimentos durante esse período de isolamento e quarentena, obviamente, algumas suspensões serão feitas. O recolhimento do FGTS, por exemplo, está suspenso por 90 dias. Salvo as empresas optantes do regime Simples Nacional, em que a apuração dos meses de março, abril e junho deste ano foram adiadas para outubro, novembro e dezembro.

O que o empresário pode fazer agora?

De maneira prática, todos os empresários terão que tomar medidas a fim de minimizar os efeitos dessa crise. No entanto, para o setor contábil do negócio, algumas diretrizes foram estabelecidas pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC). A seguir vamos conhecer as principais:

  • para as auditorias independentes: a NBC TA 560, Eventos Subsequentes e a NBC TA 540 — Auditoria de Estimativas Contábeis e Divulgações Relacionadas — são destinadas para o preenchimento correto dos demonstrativos contábeis. São nessas normas que estão as direções a serem tomadas para adequar os dados durante esse período;
  • para a apresentação dos demonstrativos: no que se confere à apresentação dos relatórios, a NBC TG 26 tem quais passos são importantes nesse momento. É preciso estar ciente que a empresa precisará apresentar informações adicionais, principalmente em situações em que há risco real da companhia quebrar e quando não há números exatos para as estimativas contábeis;
  • para o risco da falta de crédito: em cenários em que não será possível conseguir crédito, destacamos que isso levará ao aumento das projeções de perda e que será importante para a empresa identificar essa possibilidade. Além disso, é preciso estar preparado para as possíveis desvalorizações de suas ações e fundos;
  • para as consequências após a crise: a NBC TG 24 é a norma direcionada para ajudar na avaliação dos impactos. Afinal, será importante registrar e divulgar todas as consequências e as avaliações sobre as sequelas financeiras causadas nas contas — dados que poderão ser utilizadas pela gestão do negócio posteriormente.

Apresentamos até aqui alguns dos impactos do coronavírus na contabilidade da empresa, destacando que esse setor poderá ficar sobrecarregado. As questões relacionadas aos demonstrativos contábeis, registros dos pagamentos, entre outras, deverão ser feitas com mais cautela nesse momento. Além disso, é importante estar atento às diretrizes impostas pelo CFC com intuito de guiar os contadores.

Outros artigos que entendemos que você vai gostar:

Dúvidas, fale com nossos consultores clicando aqui ou no ícone do WhatsApp do lado inferior direito do site.

Qual sua nota sobre esse conteúdo?

Clique e avalie

Nota: / 5. Avaliações:

Powered by Rock Convert
Open chat
Fale com o Consultor!
Dúvidas sobre os Impactos do Coronavírus na contabilidade? Fale conosco.
Powered by